Buscar
  • FEA Social USP

Os Desafios e Protagonismo do Empreendedorismo Social Feminino

Atualizado: Mar 11

Por Luana Arciero


Mulher, ninguém calçou os seus sapatos e percorreu a sua jornada, então acredite em você.


Historicamente, as mulheres estão associadas ao impacto social. Seja nas lutas por direitos ou nas conquistas universais, a figura feminina é combinada ao protagonismo quando o assunto é fazer a diferença.


Diante de um cenário em que os problemas sociais se tornam cada vez mais evidentes, os negócios de impacto apresentam elevado ritmo de crescimento. Assim que reconhecida essa tendência empreendedora, as mulheres não poderiam ficar de fora, ao assumirem a posição de agentes da mudança social.


Segundo o estudo "2º Mapa de Negócios de Impacto Social + Ambiental'', realizado pela plataforma Pipe.Social, 44% das 1002 empresas analisadas são comandadas por mulheres. Ainda que considerada a relevância dessa porcentagem, 75% das iniciativas fundadas apenas por mulheres ou que as têm como maioria no quadro societário enfrentaram dificuldades para captar investimentos. Esse dado evidencia que, quando uma mulher assume a figura de protagonista, inevitavelmente surgirão questionamentos quanto a sua capacidade de triunfar, tendo o preconceito um papel relevante nessa realidade.


"Eu enfrento o desafio do machismo e do racismo até hoje. Sinto que as pessoas estão sempre duvidando das competências e das entregas de trabalho que eu faço.", diz Patrícia Santos, CEO Fundadora da EmpregueAfro, consultoria de Recursos Humanos focada na Diversidade Étnico-Racial. Como assim observado no caso de Patrícia e de tantas outras, embora exista toda uma sociedade tentando convencê-la do contrário, a figura feminina se mostra cada vez mais relevante no cenário de empreendedorismo de impacto. E as empreendedoras já alcançadas pelos serviços da FEA Social estão aqui para comprovar essa importância.


"Os desafios são muitos quando você é mulher, negra e vive na periferia. Acontece muitas vezes que nem as pessoas ao seu redor acreditam muito no potencial daquilo que você faz e leva bastante tempo pra que isso aconteça." relata Kilze Malaquias, fundadora do grupo Juventude Acumulada, atingido pela nossa Consultoria em 2020. Ainda que as barreiras vão de menor acesso a financiamentos a pressões sociais e culturais quando uma mulher decide empreender, o caso de Kilze mostra o quanto a realização pessoal e o impacto positivo gerados por iniciativas sociais lideradas por figuras femininas podem ser promissores.


Entretanto, vale ressaltar que o triunfo não é sempre atingido por mulheres com essa iniciativa. Dados levantados pela pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostram que 36% das empresas lideradas por mulheres negras estão com o funcionamento interrompido durante a pandemia. Isso reflete, no empreendedorismo, as disparidades de gênero e etnia manifestadas socialmente quando mulheres assumem posições de liderança.


"Minhas maiores conquistas nunca puderam ser mensuradas e são a alegria de poder ver a melhora diária de uma aluna com sequelas de um AVC", diz a empreendedora cuja iniciativa tem como objetivo melhorar a qualidade de vida de idosos por meio da atividade física. O grupo Juventude Acumulada se mostrou uma das maiores conquistas na trajetória brilhante de Kilze, assim como diversos outros empreendimentos sociais de sucesso protagonizados por mulheres, os quais merecem maior incentivo e reconhecimento.


E, aproveitando a data comemorativa de luta que é o Dia da Mulher, dizemos àquelas que pretendem empreender: sejam corajosas. Persistam mesmo quando a sociedade se esforçar para te provar o contrário. Façam assim como recomendado por Patrícia e Kilze, respectivamente: "Estudem muito o mercado que vocês querem atuar, se qualifiquem, sejam sempre excelentes! Mas só façam tudo isso se realmente for um sonho pra você! A recompensa demora, mas vem"; "Acredite no seu potencial mesmo quando ninguém acreditar. Ninguém calçou os seus sapatos e percorreu a sua jornada, então acredite em você."


156 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo